terça-feira, 10 de abril de 2012

Filme "Preciosa - Uma História de Esperança"


Título Original: Precious (EUA, 2010)
Duração: 1h 50min
Dirigido por: Lee Daniels
Elenco: Mo'Nique, Paula Patton, Mariah Carey, Lenny Kravitz, Gabourey Sidibe
Gênero: Drama

Sinopse: 1987, Nova York, bairro do Harlem. Claireece "Preciosa" Jones (Gabourey Sidibe) é uma adolescente de 16 anos que sofre uma série de privações durante sua juventude. Violentada pelo pai (Rodney Jackson) e abusada pela mãe (Mo'Nique), ela cresce irritada e sem qualquer tipo de amor. O fato de ser pobre e gorda também não a ajuda nem um pouco. Além disto, Preciosa tem um filho apelidado de "Mongo", por ser portador de síndrome de Down, que está sob os cuidados da avó. Quando engravida pela segunda vez, Preciosa é suspensa da escola. A sra. Lichtenstein (Nealla Gordon) consegue para ela uma escola alternativa, que possa ajudá-la a melhor lidar com sua vida. Lá Preciosa encontra um meio de fugir de sua existência traumática, se refugiando em sua imaginação.

Crítica: Muito triste a história de vida de Preciosa. Logo nos primeiros minutos vemos que muitas vezes nosso problemas são ínfimos quando comparados aos desta garota que diga-se de passagem é uma dura realidade de várias por este mundo a fora, porém, não sei lhes dizer o porquê mas esse filme não me comoveu (e olhem que sou uma verdadeira manteiga derretida!).

Achei-o massante, com um final inconclusivo (o filme termina "do nada") e muitas vezes tive a impressão que Preciosa não mudava porque não queria, não tinha tanta força de vontade, em algumas cenas me dava vontade de dar um chacoalhão nela e gritar "acorda menina!!".

 Não obstante, algumas cenas dos devaneios da garota me soaram como bobos não se enquadrando muito bem ao filme. 

 Dou indubitáveis créditos à atriz Gabourey Sidibe que na pele da protagonista deu um show de interpretação quando levado em conta o fato de que foi descoberta no Halem pelo diretor do filme e sequer havia atuado. Sua interpretação foi tão esplêndida que logo em sua estreia foi indicada ao Oscar. 

 Enfim, o enredo do filme é forte, fiquei chocada em inúmeras cenas mas para mim faltou um "quê" a mais. Talvez eu não estivesse no clima para assistir um filme dramático mas quando o vi realmente não gostei. Assisti e Reprovei. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©